Operação-SC-V Uma promoção do:
Operação-SC-V Uma promoção do:
Sinta-se livre para entrar em contato:
Notícia 26.10.2016

A captação de recursos financeiros é uma etapa muito importante para impulsionar um projeto inovador e já discutimos isso aqui. Existem diversas formas de adquirir financiamentos e, com a internet, as modalidades de crowdfunding (financiamento coletivo) tem ganhado cada vez mais espaço.

O crowdfunding se resume a uma “vaquinha” onde pessoas comuns podem investir em projetos de seu interesse, seja compartilhando a ideia, doando alguma quantia ou adquirindo o produto. Além do baixo custo, as plataformas de crowdfunding são grandes difusoras de boas ideias devido ao grande alcance obtido pela campanha que está sendo feita para levantar fundos. São exemplos de plataformas de crowdfunding: KickStarter, Catarse, Kickante, Benfeitoria, etc.

Existem diversas plataformas de financiamento coletivo e vários tipos de investimentos que podem ter contrapartida ou não. No crowdfunding sem contrapartida, ou seja, doação, o dinheiro doado ao projeto apoiado não necessariamente gera um retorno ao doador. Já no crowdfunding com contrapartida ou baseado em prêmios, ao contribuir financeiramente com um projeto, o apoiador recebe em troca um brinde, um serviço, ou o protótipo de um produto. Nos dois casos, a campanha possui um prazo para terminar e funciona na base do “tudo ou nada”, ou seja, ou o projeto consegue atingir a meta e recebe o montante, ou caso não atinja a meta dentro do prazo, não recebe nada.

Entre os tipos de financiamento coletivo, existe também o equity crowdfunding, uma modalidade introduzida no Brasil recentemente. O equity crowdfunding segue a mesma lógica do crowdfunding tradicional, com a diferença de ser baseado em investimentos em empresas nascentes.

No processo de equity crowdfunding, uma startup oferece um percentual de participação societária a outros usuários em troca de investimentos que serão utilizados na implementação do seu modelo de negócios. É uma forma simples de conectar investidores às startups que buscam captar recursos, sendo que a modalidade não exige um investimento mínimo tão alto quanto à bolsa de valores por exemplo. Ao aportar recursos em uma determinada startup, o investidor está apostando no crescimento da empresa investida para atingir rentabilidade no futuro. São exemplos de plataformas de equity crowdfunding: Eqseed, Broota, Eusocio, etc.

5-testesifscA sináptica Surf Evolution, contemplada na quarta edição do programa no estado, resolveu apostar nesta nova modalidade de financiamento para implementar seu plano de negócios. A startup lançou uma campanha de equity crowdfunding oferecendo a investidores de todo o país 10% da empresa, dividida em 100 partes iguais de R$10 mil.

A Surf Evolution desenvolveu uma linha de equipamentos funcionais para o aprendizado e treinamento do surfe e outros esportes. Os equipamentos além de auxiliarem o condicionamento físico, emitem uma avaliação do desempenho no final do treino e utilizam a realidade virtual para proporcionar experiências interativas ao usuário.

Confira a campanha no link http://www.funcionalse.com/

Notícia 20.10.2016

A Atar, a primeira empresa brasileira a desenvolver uma tecnologia vestível que realiza pagamentos, foi destaque na reportagem do Mundo S/A, da GloboNews, que abordou o mercado de tecnologias direcionadas ao pagamento através de dispositivos móveis e wearables. A startup catarinense foi uma das empresas contempladas na quarta edição do Sinapse no estado e passou por diversos outros programas nacionais e internacionais de aceleração e empreendedorismo.

O produto desenvolvido pela sináptica é composto por hardware e software. A Atar band é uma pulseira que efetua pagamentos a partir da aproximação do acessório com a máquina de cartões, o que é possível graças à tecnologia NFC (Near Field Comunication) que permite a troca de informações entre dispositivos compatíveis que estejam próximos um do outro. Através de um aplicativo da Atar, o usuário coloca “créditos” na pulseira de acordo com sua necessidade e ao efetuar uma compra, o valor é debitado da conta corrente virtual.

A pulseira é texturizada de silicone poligênico, é totalmente à prova d’água e tem como diferencial a não utilização de bateria para o seu funcionamento. Quando questionado pelo repórter da GloboNews sobre o mercado e os desafios para encarar os gigantes concorrentes como Samsumg Pay e Apple Pay, Orlando Purim, CEO da Atar, afirmou que enquanto os produtos das gigantes são de custo mais elevado e tem instituições financeiras por trás do sistema de pagamentos, a Atar desenvolve tanto o software quanto o hardware, e finaliza: “A Atar é uma empresa de experiência, quer entregar uma experiência completa para o usuário.”

A sináptica realizou uma campanha de pré-venda do produto, que foi um sucesso, com mais de 1000 dispositivos encomendados. Os próximos passos da empresa são: a fixação da marca pelo Brasil, o reforço do uso da pulseira e o desenvolvimento de novos dispositivos.

Confira a reportagem na íntegra através do link: http://bit.ly/ATAR-MundoSA-

atar

Notícia 19.10.2016

Nesta segunda-feira, dia 17 de outubro, aconteceu no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, a cerimônia de entrega da 8ª edição do Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável. O grande vencedor foi o projeto “Painel solar híbrido: tecnologia capaz de gerar eletricidade e água quente em um sistema único de alta eficiência” desenvolvido pela sináptica Soluz Energia, contemplada na quarta edição do programa no estado.  O sócio da empresa Henrique Luis Hipólito, formado em engenharia mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, foi quem recebeu o prêmio durante a cerimônia.

2016-10-18-soluz-2

O objetivo do Prêmio é reconhecer e incentivar os jovens universitários que se propõem a pensar a engenharia, arquitetura e agronomia em uma perspectiva sustentável e gerar conhecimento sobre o tema, difundindo essas novas ideias junto à comunidade acadêmica brasileira e à sociedade em geral. Nesta edição foram mais de 250 trabalhos inscritos por 875 alunos e orientados por 269 professores dos cursos de professores dos cursos de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de 128 instituições de ensino superior no Brasil.

Os projetos são avaliados de acordo com a sua viabilidade econômica, responsabilidade ambiental e inclusão social. Cada trabalho recebeu R$ 60 mil, divididos em R$ 20 mil para o autor (ou autores), R$ 20 mil para o professor orientador e R$ 20 mil em a instituição de ensino. Criado em 2008, o Prêmio Odebrecht já distribuiu R$ 1 milhão ao longo da sua história, só no Brasil. O prêmio também é replicado em outros 11 países.

Além disso, a Soluz Energia desde o dia 09 de outubro participa em Portugal do programa de aceleração EDP Open Innovation. Em Lisboa, a startup concorre a 50 mil euros e permanece em aceleração até novembro.

 

 

 

 

Com informações:  Prêmio Odebrecht para o desenvolvimento sustentável

Notícia 18.10.2016

Seu projeto precisa de um impulso para chegar ao mercado? Se você tem uma grande ideia e potencial para implementá-la, a AES realizará amanhã (19/10) na ACATE, em Florianópolis, um evento para apresentar para o ecossistema catarinense a iniciativa, falar sobre o futuro da energia e sobre as oportunidades do setor e apoio aos projetos. Inscreva sua ideia na Aceleração de Projetos da AES Brasil Inovação e torne-se parceiro da AES, uma das empresas mais inovadoras do país e referência global em energia.

Local:

Centro de Inovação ACATE – Espaço Primavera Garden – Bloco CIA

Rodovia SC 401, Nº 4120, Km 4 – Bairro Saco Grande

Inscrição para o evento: https://goo.gl/kB4sTQ

A AES busca projetos que possam gerar inovação em produtos, serviços ou modelos de negócios, e, além disso, startups com equipes talentosas, conhecimento de mercado, da tecnologia e disposição para construir em conjunto nas seguintes áreas: Internet das coisas, Energy Storage, Eficiência Energética, Geração Distribuída, Veículo Elétrico.

O que a AES oferece aos seus parceiros:

Até R$ 500 mil em apoio financeiro; Aceleração de projetos; Acesso ao mercado; Oportunidades de negócios; Força técnica no campo; Laboratórios equipados; Escritório em São Paulo; Know-how do mercado.

roadshow_florianopolis_certi