Operação-SC-VI Uma promoção do:
Operação-SC-VI Uma promoção do:
Sinta-se livre para entrar em contato:
Notícia 16.06.2016

16.06 INAMA INAM – Innovation Network for Advanced Material, de Berlim, está com inscrições abertas para o programa de aceleração AdMaCom. O programa, que tem o apoio da Fundação CERTI, tem duração de seis semanas e irá selecionar até 20 startups que desenvolvam produtos inovadores e de alta tecnologia nas seguintes áreas: eletrônica orgânica e molecular; engenharia de superfícies; polímeros; compostos; baterias; fotovoltaica; materiais híbridos; fibras; sensores; iluminação; e eletrônica impressa.

As startups terão acesso a mentores internacionais, pesquisadores e especialistas da indústria, além de acesso gratuito a espaço de coworking, laboratórios e materiais para desenvolver seus produtos e estabelecer novas oportunidades de negócio. Além disso, as statups terão a oportunidade de apresentarem suas soluções na EOSAM e na Microphotonics 2016, e os vencedores receberão até 50 mil euros em dinheiro e serviços.

 

Para participar, sua startup deve:

– Possuir um produto (hardware) com alto potencial de mercado

– Possuir um protótipo

– Ter um time com diversas competências e com mais de um sócio

 

O programa é realizado em parceria com diversas empresas e instituições tais como Osram, Henkel, Embraer, LG, BASF, Direct Photonics, Pilotfish, Columbia University, London School of Economics, Humboldt University, Weitnauer e Fundação CERTI.

 

Datas importantes:

Inscrições: 1 de junho a 30 de junho

Evento de abertura: 28 de agosto

Sessão de mentoria 1: 08 de setembro

Sessão de mentoria 2: 15 de setembro

Sessão de mentoria 3: 22 de setembro

EOSAM Conference: 26 a 30 de setembro

Sessão de mentoria 4: 29 de setembro

Sessão de mentoria 5: 6 de outubro

Evento final: 10 de outubro

Micro photonics: 11 a 13 de outubro

 

Inscrições: www.inam.berlin 

 

Mais informações: http://goo.gl/UiBfGq

Notícia 15.06.2016

O Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação, iniciativa da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo), por meio de seu Departamento de Inovação e Tecnologia (DIT), já acontece desde 2013 e chega em sua quarta edição este ano com mais de 300 projetos, 150 empresas inscritas, e dezenas de negócios fomentados.

Com o intuito de aumentar a visibilidade das empresas, esse projeto possibilita a identificação de produtos e processos tecnologicamente inovadores realizados por startups sediadas no Brasil e na Alemanha.

 

Novidades do IV Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação

O Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação 2016 em sua nova edição traz um diferencial, especialmente no que se refere ao seu formato. Antes separado nas categorias Desafios e Startups e PMEs, agora possui uma divisão ainda mais segmentada para startups tecnologicamente inovadoras: Ciências da Vida, Digitalização, Mobilidade, Cidades do Futuro, Cultura e Alemanha (exclusiva para startups sediadas na Alemanha).

Ao se inscreverem para o Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação, os participantes concorrem a uma vaga no programa AHK Startups Accelerator (três por vaga) e habilitam sua associação à Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo através da categoria AHK Startups Hub. Já os vencedores serão beneficiados com a apresentação da startup (pitch) durante a cerimônia do prêmio, além da participação gratuita no Innovation Speed Dating, ferramenta online voltada à aproximação de desafios tecnológicos e soluções inovadoras.

A expectativa para a edição de 2016, que revelará seus ganhadores no dia 29 de setembro, tradicionalmente após o Seminário Brasil-Alemanha de Inovação, é que siga aumentando esses números e potencializando ainda mais a inovação.

As inscrições vão até dia 15 de julho. Para saber mais detalhes, acesse o site da iniciativa: www.startupsconnected.com.

 

Depoimento de vencedores de edições anteriores

Os vencedores do Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação de 2015, falaram sobre suas experiências e os benefícios adquiridos com a viagem para Alemanha, onde puderam visitar diversos institutos e eventos importantes:

“A Hannover Messe certamente é a maior feira do mundo. Uma área de exposição surpreendentemente grande. E mais: estandes das maiores empresas de automação internacionais e muita tecnologia tornam este evento atrativo a todas as pessoas. A Alemanha fez jus a sua fama: organizada, limpa, pontual. E houveram boas surpresas como o ótimo humor dos alemães e a proatividade em ajudar os turistas. Foi uma ótima semana, muitos contatos comerciais. Voltarei em 2017 com certeza!” Afirma Igor Santiago, da I-Systems, vencedor da categoria Startups e PMEs.

Já para Mauro Oviedo, do grupo de pesquisa em ciência de polímeros da Braskem, e vencedor da categoria Desafios, o III Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação possibilitou um grande aprendizado sobre diversos temas relacionado a sua área de atuação. Além de ter acesso a importantes e renomadas empresas, teve a oportunidade de ampliar sua rede de contatos, o que resultou em novas parcerias.

“Durante o evento foi possível uma atualização em diferentes vertentes, relacionadas a estes novos aditivos para materiais poliméricos, novos processos, e máquinas de compostagem, que se apresentam cada vez mais sustentáveis, especificamente pelo baixo consumo de energia.  Além disso, o III Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação permitiu a visita em diferentes centros de pesquisa na Alemanha, como por exemplo o Fraunhofer Institute, localizado na cidade de Darmstadt, o Max Planck Institute e o FAB LAB de Berlin, sendo possível avaliar novas parcerias e a captura de novas oportunidades para o desenvolvimento de resinas poliolefínicas com melhor desempenho e/ou  novas propriedades físico-químicas que permitam a criação de produtos diferenciados para uma maior competitividade da indústria nacional.” – conta Mauro, sobre os benefícios adquiridos durante sua estadia na Alemanha.

 

15.06 - Prêmio BR Alemanha

 

Fonte: http://www.startupsconnected.com/

Notícia 10.06.2016

post-inovativa-inscricoesabertas-azul-ajustado-696x696

Estão abertas as inscrições para o maior e mais completo programa de aceleração do país, o InovAtiva Brasil. Startups de todo o país e de qualquer setor da economia podem concorrer a uma das 300 vagas para o programa que proporciona capacitação, mentoria e conexão aos selecionados. Os interessados têm até o dia 27 de junho para submeter inscrições, somente pelo site do programa.

Criado em 2013 pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o InovAtiva Brasil é um programa que auxilia e orienta empreendedores iniciantes com uma boa tecnologia mas pouco conhecimento de negócio, oferecendo capacitação e mentoria para o estabelecimento de novos negócios inovadores. O InovAtiva é executado pela Fundação CERTI e tem como parceiros estratégicos o SEBRAE e o SENAI.

Esta é a primeira vez que o InovAtiva abre um segundo Ciclo de Aceleração em um mesmo ano. A primeira edição de 2016, que vai até 29 de agosto, selecionou 300 startups de 21 estados, entre os 1.372 projetos submetidos.

Podem submeter projetos startups que tenham negócios inovadores com faturamento anual máximo de R$ 3,6 milhões e que não tenha recebido investimento em participação de terceiros (investidor anjo, fundo de investimento) acima de R$ 500 mil.

O programa oferece capacitação de nível mundial em empreendedorismo inovador, por meio de cursos gratuitos e outras atividades; acesso a mentores nacionais e internacionais; conexão com possíveis parceiros, investidores e grandes empresas; suporte para internacionalização; e vantagens adicionais para startups em outros programas públicos e privados parceiros.

 

Inscrições para o ciclo 2016.2 do InovAtiva Brasil:

Período: de 23 de maio a 27 de junho

Somente pelo site: www.inovativabrasil.com.br

Vagas: até 300 empresas selecionadas

Quem pode participar: startups com negócios inovadores de qualquer setor da economia

Notícia 06.06.2016

13339694_1191653610865875_5613552709109313686_nCom objetivo de fomentar a criatividade empreendedora, a Engie Brasil promoveu, em 06/06, a segunda edição do Engie Brasil Innovation Day, no Museu do Amanhã (Rio de Janeiro). Durante o evento, ocorreu a entrega do Prêmio Engie, dividido nas categorias: energia descentralizada, armazenamento de energia, smart grids, green mobility e smart cities, e inclusão social por meio da eficiência energética ou acesso à energia, que contemplou o melhor projeto de cada uma dessas áreas. Entre os cinco vencedores, destaca-se a Soluz Energia, sináptica e incubada do CELTA, que desenvolveu uma solução que consiste na pré-industrialização de um trocador de calor de baixo custo, que se acopla em qualquer painel fotovoltaico. Com o trocador acoplado, o painel se transforma em um sistema 2 em 1, híbrido, capaz de produzir eletricidade com a face da frente e água quente com a face posterior de forma mais eficiente. Os participantes vencedores terão seus projetos incorporados aos programas de P&D da ENGIE, além de participarem da edição mundial do evento, em Paris. Antes da cerimônia de premiação, na parte da manhã, o presidente da Engie Brasil, Maurício Bähr, realizou a abertura do evento e, em seguida, aconteceu um debate, com a participação de especialistas, sobre tecnologias e novos modelos de negócios que irão inovar o ambiental industrial, em especial no Brasil.